Publicidade

Mulher é assassinada em São Luís do Quitunde; Suspeito foi preso

O suspeito foi preso no município vizinho em Matriz de Camaragibe

22/01/2024 às 13h14 Atualizada em 22/01/2024 às 13h38
Por: Redação
Compartilhe:
Alagoas Notícias
Alagoas Notícias

No último domingo (21), São Luís do Quitunde foi palco de um trágico feminicídio que chocou a comunidade. Um homem foi acusado de assassinar brutalmente, a facadas, sua ex-esposa, Sandra Maria da Conceição, de 47 anos, na comunidade da 'Subestação'.

Rede social 

A notícia do violento assassinato na Subestação deixou os moradores de São Luís do Quitunde horrorizados. O corpo da vítima foi encontrado com diversas marcas de violência, incluindo facadas no pescoço. Após o crime, o suspeito fugiu do município no Norte de Alagoas.

A 8ª Companhia da Polícia Militar – Independente (8ª CPM/I) foi acionada para intervir na ocorrência. Os militares responderam prontamente, iniciando os trabalhos no local indicado. Informações indicaram que o acusado havia fugido em direção a Matriz de Camaragibe.

Na tarde seguinte, a equipe da 8ª CPM/I buscou apoio no Centro Integrado de Segurança Pública (Cisp) junto ao 6º Batalhão da Polícia Militar (6º BPM) para capturar o suspeito. As diligências começaram na Rua do Pau D’arco, mas o autor do crime não foi encontrado. A busca continuou, e no Distrito Industrial, os militares foram informados de que o suspeito estava em um carro preto.

A perseguição estendeu-se à rodovia AL 105, onde próximo ao conjunto Ernesto Gomes Maranhão 'Campanha', a polícia interceptou o veículo Siena preto. O suspeito, de 52 anos, foi reconhecido e detido durante a noite. Uma arma de fogo foi encontrada no veículo, resultando na autuação de outros dois homens pela polícia.

O corpo de Sandra Maria da Conceição foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) Estácio de Lima, no bairro Tabuleiro do Martins, na parte alta de Maceió. A Polícia Civil conduz a investigação do feminicídio, enquanto os dois homens que colaboraram na fuga do suspeito enfrentarão processos judiciais.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários